Mas o Curiosity está mesmo em Marte?

Com o pouso bem sucedido (e emocionante, pelo menos para mim) do jeep/laboratório/robô Curiosity em Marte começam a surgir as teorias de conspiração de sempre. Pessoas sem nenhum conhecimento sobre ciência, sobre física, etc, tentando usar o “bom senso” humano, às vezes com uma forte predisposição contra ações de americanos, e às vezes com um legítimo, porém equivocado ceticismo em relação a alegações extraordinárias, que criam “argumentos” e levantam uma série objeções ao acontecimento.

Há muitas formas de abordar essas teorias de conspiração, desde a mais concreta, apontando evidências específicas para cada elemento ou objeção, até a psicológica, tentando entender a natureza da mente humana e suas dificuldades com conceitos complexos ou eventos fora da escala (como as distâncias envolvidas nas viagens inter-planetárias.

Continuar lendo

Anúncios