Se a evolução é real, por que nenhum chimpanzé evoluiu até serem como nós?

Chimpanzé

Muitas perguntas/desafio de descrentes da evolução apresentam claras lacunas de conhecimento em relação ao que é e ao que não é a evolução. A pergunta/desafio acima, título deste artigo, é uma das mais repetidas, econtrada em quase todo artigo sobre a evolução, nos “comentários” dos leitores.

Esse engano sobre chimpanzés e seres humanos poderia ser desfeito com alguma leitura sobre o assunto e vou tentar resumir aqui a resposta a esta pergunta/desafio.

Primeiro, para que os símios como o chimpanzé ou gorila evoluíssem para uma nova espécie, seriam precisos os mesmos milhões de anos que nós levamos. O que significa que nenhum primata hoje vivo poderia “evoluir” para outra espécie. Espécies evoluem, não indivíduos. Nenhum chimpazé poderia “evoluir” até um ser humano, como nenhuma zebra poderia “evoluir” até um cavalo.

A pergunta/desafio, portanto, está errada. O que ela deveria na verdade perguntar (se é que deveria perguntar alguma coisa) seria, porque os ancestrais destes primatas, como os ancestrais do chimpanzé, não evoluíram em nossa direção.

A resposta é, não há direção..:-) Os ancestrais dos chimpanzés não “queriam” ser chimpanzés ou homo sapiens, eles apenas responderam as pressões do meio ambiente. Em nosso caso, as pressões nos levaram a ter cérebros grandes e andar em pé, a pressão do ambiente dos chimpanzés os levou a ser o que são hoje.

Mas isso não é tudo. Outros símios, de outras espécies, evoluíram de forma parecida, inclusive com desenvolvimento de algumas características como as do homo sapiens, inteligência, caminhar ereto, sociedades, etc. Neandertais, por exemplo, existiram ao mesmo tempo que homo sapiens. E Australopitecus Robustos ao mesmo tempo que Australopitecus Afarensis, e algumas outras que conhecemos através dos fósseis.

Ou seja, não fomos os únicos, e, se não fosse a sorte aleatória que controla a evolução, poderiam ser Neandertais a se perguntar o que aconteceu com os homo sapiens, que desapareceram no passado.

A resposta ao questionamento da pergunta/desafio pode ser vista em diversas familias de animais. Existem golfinhos, baleias, orcas, belugas, narvais, etc. Todos descendentes de um ancestral em comum, que voltou da terra para a água. Porque não se tornarão todos baleias? Ou todos golfinhos?

Porque as pressões do ambiente variam, porque a disputa pela vida é intensa e rigorosa, e qualquer grupo que descubra novo ambiente ou se adapte a outro ambiente, tem uma vantagem e pode acabar se tornando outra espécie. Por isso golfinhos são pequenos, e se adaptaram para se alimentar de cardumes de superfície, e cachalotes se tornaram gigantes, com adaptações para se alimentar de lulas gigantes a enormes profundidades abissais (que nenhum outro mamífero pode atingir).

Mesmo que as pressões ambientais se modificassem, e pressionassem chimpanzés a evoluir em nossa direção (por exemplo, dando vantagens a cérebros maiores e andar ereto), levaria milhões de anos até que uma nova espécie se formasse. E mesmo assim elas não seriam “humanos” e nem mesmo poderíamos saber no que se tornariam. Não há direção.

A pergunta/desafio parece cometer o “engano” recorrente de considerar a evolução como um progresso, onde seres humanos (ou a inteligência) são o ápice, o objetivo a ser atingido. Isso é comum até mesmo em pessoas que acreditam na evolução e no antepassado em comum, mas é fundamental para quem acredita em uma divindade maluca que cria tudo do nada.

Entretanto, a evolução é cega e aleatória, apenas seguindo as pressões do ambiente, pressões cegas, não intencionais e mutáveis. Hoje mais quente, amanhã mais frio, hoje um continente único, amanhã placas tectonicas que se separam, etc.

Assim, não há nenhum motivo para que símios evoluam em nossa direção, ou para que se tornem humanos. Chimpanzés são tão evoluídos quanto seres humanos, pois existem há tanto tempo quanto, e se modificaram de ancestrais em comum, tanto quanto nós.

Na verdade, todos os seres vivos que existem hoje são tão evoluídos quanto nós. Um pássaro, um réptil, uma bactéria, ou um gorila, evoluíram tanto quanto nós, e se adaptaram tão bem ao ambiente quanto nós.

Repetindo, para responder claramente a pergunta/desafio, não há nenhuma razão para esperar que chimpanzés ou qualquer outro símio evolua ou tenha evoluído como nós, da mesma forma como não há nenhuma razão, biológica ou não, para esperar que a zebra “evolua” para se tornar um cavalo, ou um cavalo “evolua” para se tornar uma zebra. Ambos evoluíram para onde as pressões de seu ambiente os levaram, e apenas isso.

Quem apresenta essa pergunta/desafio em geral vê seres humanos como “melhores” que chimpanzés, como todo religioso vê. Somos, em sua visão, “especiais” por sermos seres divinos, filhos de uma divindade superpoderosa. Por isso acredita que que, se pudessem “escolher”, chimpanzés desejariam se tornar humanos. E pensa que somos mais evoluídos que estes, e que a Teoria da Evolução, usando o conceito erroneo de “progresso”, alega que a evolução segue um objetivo, formar seres inteligentes, “sapiens”.

Nossos ancestrais, e os ancestrais de algumas outras espécies que já não existem (a competição na natureza é violenta, e dificilmente um mesmo nicho ecológico suporta duas espécies competindo por muito tempo) surgiram na mudança de clima violenta, que quase extinguiu as florestas, habitats de símios como o chimpanzé, gorilas e orangotangos, e criou as extensas savanas africanas.

Nesse novo ambiente nossos antepassados tiveram de adaptar características já pré-existentes (exo-adaptação, um trunfo da evolução..:-). Andar ereto foi a primeira mudança importante, que apresentava vantagens na savana: o calor e o Sol tinham menor área para atuar, a visão de predadores ficava melhor, o caminhar podia atingir pontos mais distante, etc.

Pensemos no cenário: o que antes era uma África totalmente tomada de florestas tropicais, agora tem bosques e pequenas florestas esparsas, separadas por longos trechos de savana. O tempo passa, e as savanas crescem e as florestas diminuem. Nossos antepassados, antes vivendo bem nas enormes florestas, agora tem de atravessar as savanas para encontrar novos locais de alimentação. Qualquer individuo que tenha mínimas mudanças em seu biótipo, que dê a ele uma vantagem nessa travessia, terá mais vantagens em sua vida, mais descendentes, e passará essa vantagem a seus filhos. Com o tempo (muito tempo, centenas de milhares de anos), temos indivíduos que agora andam em pé e passam mais tempo na savana que na floresta (qualquer indivíduo que tenha conseguido encontrar alimento na savana, durante as longas travessias, tem mais vantagens adaptativas, etc).

Enquanto isso, ancestrais de outros grupos, vivendo em áreas onde as florestas não foram tão afetadas, e sem savanas, evoluíam em outra direção, para se adaptar cada vez mais as florestas.

Um adendo sobre alguns mitos sobre nossa espécie: o senso comum nos coloca como seres frágeis, fracos, lentos, etc, devido a natural diminuição das exigências de sobrevivência devido a nossa civilização tecnológica facilitadora. Nada mais enganoso. Nossos ancestrais, e mesmo nós hoje em dia, foram (e ainda somos) excelentes em diversas habilidades de sobrevivência, sendo o Homo Sapiens um caminhante poderoso, um corredor elegante e rápido, e uma espécie perfeitamente adaptada a vida na savana. Basta ver um chimpanzé “tentando” correr e um humano nos 100 metros rasos para notar a enorme diferença.

Claro que não somos bons em árvores e um orangotango é um especialista nesse ambiente, mas em uma corrida, de qualquer distância, nós vencemos qualquer primata. E em longas distâncias, vencemos até mesmo outros animais, como cavalos ou guepardos (podemos correr e caminhar por distâncias que matariam um guepardo ou mesmo um leão).

Outra modificação significativa foi o cérebro grande, derivado da habilidade manual primata, mais o efeito colateral de andar em pé (e derivado de um processo que surge nas árvores). Nossa visão de predador e coletor de frutas (por isso enxergamos colorido), mais o andar em pé e o cérebro grande nos tornou especialistas no ambiente pós glaciação.

Tanto que andamos pelo mundo e povoamos mais territórios que qualquer outra espécie, atingindo, da África, a Asia, a Europa e até a América do Norte e do Sul. E isso antes de termos uma civilização tecnológica avançada!

E os antepassados dos gorilas e chimpanzés, onde estavam nessa época? Estavam onde o ambiente não havia mudado tanto, ou mudado em outra direção, ou mantido as pressões evolutivas originais do ambiente, em florestas que sobraram, em regiões onde o modo de vida arbóreo e florestal ainda era uma vantagem. Assim, eles evoluíram para se adaptar cada vez mais a esse ambiente já conhecido. E, como previsto pela Teoria da Evolução, se o ambiente não muda muito, as pressões seletivas não mudam muito, e a espécie não muda muito. Ela se especializa.

Espero que esta breve (bem, eu tentei ser breve, mas o volume de dados e informação sobre o assunto é gigantesco..:-) tenha ajudado a esclarecer e a responder a pergunta/desafio (uma entre muitas, baseadas na falta de informação e em erros conceituais).

Não penso que a explicação acima mude a forma de pensar de quem apresenta a pergunta/desafio “por que chimpanzés não evoluiram para seres humanos”, já que esta é apenas uma forma de defesa de sua crença básica. Provavelmente a maior parte dos que usam a pergunta/desafio apenas ignoraria ou mudaria de desafio, para qualquer outro dos muitos que povoam a mitologia religiosa anti-evolução. Mas, ao mostrar que existem explicações, pelo menos podemos esclarecer para alguns que realmente desejam conhecer e entender as respostas da ciência e da Teoria da Evolução.

Homero Ottoni Jr

PS: O volume de dados sobre a evolução é imenso, e não dá para apresentar tudo aqui em uma mensagem. Para quem se interessa sobre o assunto, os livros de Richard Dawkins, Jay Gold, Peter Medawar, entre muitos outros, são excelentes fontes de informação (e diversão) para entender a teoria mais importante jamais criada da ciência: a Teoria da Evolução.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s